Versos e Prosa


Domingo , 23 de Setembro de 2007


Sereia Iara.

Recebi esta brincadeirinha da amiga Mary e achei interessante, tenho que responder algumas perguntas. Vamos a elas?

 

*7 fatos ou características que me definem:

1- Sou uma pessoa otimista e tento passar isso para as pessoas ao meu redor.

2- Fico mal humorada por apenas dois motivos: TPM e fome (rs)

3- O que me irrita é injustiça, pessoas prepotentes e a corrupção e incompetência dos nossos governantes.

4- Falo pelos cotovelos e rápido e ás vezes isso me deixa envergonhada

5- Falo sozinha

6- Sou esquecida

7- Me adapto fácil as mudanças

*Um sonho:

Saúde para morrer bem velhinha e enrugada (rs), uma casa imensa e um jatinho para mandar buscar todos meus amigos queridos que moram distante e passar um final de semana maravilhoso (rs)

*Meu melhor amigo:

Meu marido, um ser humano que confio por ser antes de tudo um amigo leal

*Uma frase da hora:

São poucas as pessoas que ao deitarem a noite, ousariam dirigirem-se assim a Deus: "Senhor!!! Trata-me amanhã como tratei os outros hoje.” e/ou "Que Deus me ajude a ser o tipo de pessoa que meu cão pensa que sou.”

 

Repasso para todos aqueles que desejarem participar desta brincadeira. Alguém se habilita?

 Sereia 

Sereia Iara

A dor de partir

Iara Brandão

 

Vejo ao longe tudo que deixei,

Palavras que me foram caras dizer

Deixei sagrar o meu coração

Abatida e triste disse adeus.

 

E ficaram os sonhos

Sonhos devastados pela realidade

Nada existia foi pura ilusão

Parti, mais deixei contigo a saudade.

 

Ela que ás vezes arde em meu peito

Pois nem sempre estamos prontos para realizar,

A difícil tarefa de desistir da ilusão

E a realidade voltar

 

Não que me arrependa de minhas atitudes,

Sei que fiz o correto não tinha salvação.

Mas o meu peito ainda sangra,

Pois sei que em ti deixei escondido o meu coração.


 

Escrito por Sereia Iara às 12h40
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]

Segunda-feira , 10 de Setembro de 2007


Sereia

Dias atrás me deixei me levar por antigas lembranças, tempo que vivi e fui muito feliz. Não que o agora não seja ou que eu deseje retornar a estes doces momentos, Não! Sou feliz e satisfeita pelo caminho que trilhei até aqui. Mas lembrar sem dor e/ou saudades me fez sentir liberta. É muito gostoso perceber que algo que me prendia há tempos, hoje não tem mais significado algum. Saber que tudo que foi vivido foi muito importante para a mulher que me tornei e mesmo sendo intenso e maravilhoso nada supera ao momento que vivo agora. E que finalmente, que estas lembranças hoje são apenas parte de minha história e nada mais. Quem já viveu algo semelhante entende o que significa está “libertação”, é como a tão sonhada paz ou como uma noite de descanso pleno para quem há muito tempo não dormia.

Sereia
 

Sereia


 

Sereia

Nesta doce tortura

Iara Brandão

 

O amor segue normas difíceis de compreender

Quando estou a sua procura não encontro

E quando me perco te acho.

Em caminhos que nunca pensei em percorrer.

 

E acredite o amor está ao nosso alcance,

Mais não deixa previsão quando vai chegar

Conduzindo-nos por verdades incertas

Por loucuras e devaneios, sonhos que desejamos realizar.

 

E quando fugimos deste encontro

Ele nos persegue sem piedade

Por caminhos escuros e sem destino

Pois o amor é fogo que arde sem que possamos notar.

 

É uma tortura gostosa e esperada

Pode doer, pode não ter o fim esperado,

Mas preferimos sofrer sem seus braços carinhosos

Do que viver sem nunca lhe encontrar.

Sereia

Escrito por Sereia Iara às 05h27
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]
 

Perfil



Meu perfil
BRASIL, Nordeste, SALVADOR, Mulher, de 26 a 35 anos, Portuguese, Livros, Informática e Internet, MUSICA
MSN -

Histórico